31.1 C
Campinas
quarta-feira, fevereiro 28, 2024
HomeCampinasVacina CoronaVac, única opção para crianças de 3 e 4 anos, está...

Vacina CoronaVac, única opção para crianças de 3 e 4 anos, está esgotada em Campinas

As doses da vacina CoronaVac, que protege contra formas graves da Covid-19 e pode ser aplicada em crianças de 3 e 4 anos, se esgotaram nos centros de saúde de Campinas (SP). A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do município na manhã desta segunda-feira (19).

A falta do imunizante já tinha sido relatada na semana passada, no dia 13, após moradores não encontrarem a vacina em algumas unidades de saúde da metrópole. Até então, somente 10,9% da faixa etária conseguiu receber a primeira dose.

A CoronaVac está sendo produzida pelo Instituto Butantan, que entregou nesta segunda 1 milhão de doses ao Ministério da Saúde, e prepara outras 2,5 milhões a serem enviadas conforme demanda do Plano Nacional de Imunização (PNI). Ainda não há previsão para normalização da distribuição para os estados.

A produção da vacina, que estava paralisada desde o início do ano, foi retomada no final de agosto no Butantan após a chegada de um lote de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) importado da farmacêutica chinesa Sinovac.

“Uma pesquisa do Chile, que aplica a CoronaVac nessa faixa etária desde dezembro de 2021, mostrou que o imunizante forneceu proteção de 69% contra internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 64,6% contra hospitalização por Covid-19”, ressaltou o Instituto.
Ainda sem previsão de início, a vacinação com doses da Pfizer para crianças pequenas também será uma opção para os pais. A autorização da Anvisa ocorreu na última sexta-feira (16), mas o Ministério não deu um prazo para adquirir as doses. No caso desta fabricante, será um imunizante diferente para as crianças de 6 meses de idade a 4 anos, identificado com tampa na cor vinho.

Campinas teve 1 mês de vacina
Em Campinas, a campanha para crianças nesta faixa etária começou em agosto, um mês depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso dela no Brasil, em julho, para 3 a 5 anos de idade. Na época, as prefeituras foram orientadas a usar as doses que já possuiam em estoque.

No entanto, a metrópole aguardou o envio de mais vacinas, o que só ocorreu em agosto após doação de 328 mil doses feita pelo Instituto Butantan ao governo do estado. O primeiro dia de imunização foi um sábado, dia 20, durante campanha de multivacinação na cidade. Depois, ocorreu em 66 centros de saúde.

Ainda nesta segunda-feira, a Prefeitura de Campinas deve atualizar o boletim de vacinação com os números mais recentes de crianças até 4 anos imunizadas com uma ou duas doses – a cobertura vacinal é como a dos adultos, duas doses de CoronaVac no intervalo de 28 dias. O imunizante é o mesmo para todos os públicos da campanha.

Até o dia 12 de setembro, data da última atualização, 3.192 crianças de 3 e 4 anos tinham recebido a primeira dose, e oito completaram a cobertura com a segunda dose. O total de pessoas desse público-alvo é de 29.289 crianças.

Ultimas Notícias

Veja também

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here