26.9 C
Campinas
segunda-feira, março 4, 2024
HomeEconomiaPreço do etanol começa a cair nos postos de Campinas

Preço do etanol começa a cair nos postos de Campinas

O Governo do Estado de São Paulo anunciou na segunda-feira (18) a redução da alíquota do ICMS sobre o preço do etanol de 13,3% para 9,5%. O Governador, Rodrigo Garcia (PSDB), estimou uma redução de 17 centavos por litro, em média. “Isso faz com que o etanol na bomba caia 17 centavos”.

Um dia após o anúncio, os postos de Campinas já começaram a reduzir o preço do litro do etanol. Em posto BR na Av. Benjamin Constant, no Centro da cidade, o litro do etanol caiu 10 centavos entre segunda e terça-feira (19), passando a custar R$ 3.89. No mesmo posto houve ainda a redução de 10 centavos no preço do litro da gasolina.

Há 20 dias, antes da redução do preço da gasolina, o litro do etanol custava cerca de 30 centavos a mais nos postos da cidade. Com a redução do ICMS sobre preço da gasolina, o etanol também caiu, para manter a competitividade, e agora há essa nova queda devido à redução do ICMS.

Para efeito de comparação, no posto BR citado anteriormente, em 28 de junho o litro do etanol custava R$ 4.19, e agora está por R$ 3.89. Em outro posto BR, na rua Irmã Serafina, há 20 dias o etanol custava R$ 4.19 o litro, e agora está por R$ 3.87. E em um posto sem bandeira, também na Irmã Serafina, o litro estava R$ 4.04, e hoje sai por R$ 3.76. Já em um posto Shell na Av. Anchieta, o litro do etanol custava R$ 4.69, e agora está por R$ 3.99.

O Condutor Escolar, Afonso Vilela, abasteceu o carro particular com etanol, mas reclamou não haver uma redução no preço do Diesel, que ele utiliza no veículo de trabalho. “Olha, tudo que é pra reduzir é bom, poderia até abaixar mais, mas, pela minha profissão, eu gostaria que abaixasse mais o diesel”.

O Recap, Sindicato dos Postos de Combustíveis de Campinas e região, informou, por meio de nota, que a chegada desta redução às bombas dos postos revendedores depende do repasse por parte das distribuidoras, que compõe o primeiro elo da cadeia que diretamente receberá esta redução do ICMS.

O Recap ressalta ainda que para que esta redução do imposto chegue ao consumidor final, é preciso que os produtores de etanol (as usinas) não aumentem seus preços, e com isso evitem que parte desta redução se perca pelo caminho.

Por fim, o sindicato destaca que no Brasil os preços dos combustíveis são liberados e livres para todos os agentes que atuam em todos os elos da cadeia de abastecimento, produtores, importadores, distribuidores, transportadores e revendedores.

Ultimas Notícias

Veja também

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here